Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Comunicado de Imprensa - GABINETE DO MINISTRO DA CULTURA

República de Cabo Verde
GABINETE DO MINISTRO DA CULTURA


Comunicado de Imprensa

Está de regresso ao País o Ministro da Cultura que, nos dias 12 e 13 do corrente, representou o Chefe do Governo, José Maria Neves, na 2ª edição do Festival NÔS TRADISON, da Diáspora Caboverdiana em Portugal, sob o lema «Nos Kabuverdi di Speransa» e tendo por objectivos principais:
Homenagear a participação da diáspora caboverdiana no desenvolvimento de Cabo Verde e de Portugal;
Celebrar a cultura e as tradições caboverdianas.


O governante caboverdiano participou num jantar-debate cujos temas principais foram a problemática das referências culturais das 2ªs gerações na diáspora e ainda a integração na cultura de acolhimento como uma das melhores formas de servir Cabo Verde.

Manuel Veiga presidiu ainda a abertura do festival tendo, na circunstância, discorrido sobre a importância do tema escolhido e dos objectivos traçados.

O representante do Governo frisou que a esperança está no DNA dos Caboverdianos e por causa disso vencemos a escravatura e o colonialismo, conquistámos a independência e a democracia, neutralizámos a estiagem, a fome e o analfabetismo, construímos e vimos construindo o desenvolvimento «ilha a ilha, amor a amor».

Referindo-se aos objectivos do evento, Manuel Veiga disse que é justo homenagear a participação da emigração caboverdiana já que, tanto em Cabo Verde como nos países de acolhimento, o desenvolvimento tem a impressão digital da nossa diáspora.


Quanto a celebrar a nossa cultura, nada de mais pertinente. Citando a escritora Isabel Barreno, disse o Ministro que Cabo Verde é um arquipélago global já que onde estiver um caboverdiano estará também uma ilha de Cabo Verde, através do crioulo, da música, da culinária, da morabéza e das nossas tradições. A cultura é o cartão de identidade do nosso povo e é o elemento que melhor tem feito a imagem do país no estrangeiro, pelo que celebrá-la não só é um acto de reconhecimento, mas chega até a ser um acto de cultura.

De sublinhar que o festival, onde não faltaram debates de temas ligados à diáspora, bem como a música, o artesanato, a literatura, a culinária e o são convívio, contou com a participação de vários milhares de caboverdianos. O mesmo contou ainda com a presença dos líderes associativos, do Embaixador de Cabo Verde acreditado em Portugal e ainda do BCA como principal patrocinador.

Gabinete do Ministro da cultura, Praia aos 15 de Setembro de 2009.


 

 


. nostradison às 13:29
link | comentar | favorito
Sponsors

últ. comentários

Estarei lá! :))))
OIi .. Queria saber se este ano o festival volta a...
os grupos de dança vão actuar no palco ou no chão?
Obrigado pelo reparo, já foi corrigido o nome.
http://associacaocaboverdeanasines.weebly.com/gale...
SAPO Blogs